GBOEX tem novo sistema de gestão integrada de atendimento junto aos canais de comunicação

30.06.2020 - Fonte: Ampliare Comunicação

pexels-photo-3759080

A melhoria constante no atendimento dos associados é um dos objetivos inseridos no planejamento estratégico do GBOEX - Previdência e Seguro de Pessoas, de forma a aprimorar seus produtos e serviços. Neste sentido, a empresa investiu na contratação do suporte omnichannel, da Zendesk, empresa selecionada pelo seu destaque no mercado e pela expertise em softwares projetados para intensificar o relacionamento com os clientes.

O processo acontece a partir da integração dos canais de comunicação, otimizando o tempo de atendimento e, com isso, garantindo ainda mais segurança nos serviços prestados.

O software permite uma melhor experiência no contato com a empresa, uma vez que oferece soluções flexíveis de comunicação e engajamento, que se adaptaram às necessidades do GBOEX. "A decisão pelo sistema se deu pela estabilidade do produto. A empresa contratada atende diversos setores, tem mais de 157 mil clientes e 17 escritórios, localizados na América do Norte, Europa, Ásia, Austrália e América do Sul", comenta o diretor Técnico, Otomar Francisco Umann Azeredo.

Com a novidade, a empresa integra, em uma interface, todos os dados trafegados nos canais. E-mail, chat e aplicativo estão alinhados. Pelo chat, por exemplo, inicialmente, o contato é recepcionado por um answer bot (robô de respostas), que utiliza inteligência artificial para garantir a satisfação no autoatendimento. Nos casos em que as respostas não são suficientes, o usuário é direcionado a um atendente.

Conforme a gerente de Relacionamento com o Cliente, Mara Rodrigues Pereira, o principal objetivo é oferecer aos associados ainda mais qualidade nas relações de comunicação com o GBOEX. "A entidade tem intensificado as iniciativas de inovação. Agilizar as formas de contato com os públicos permite mais qualificação nos diversos canais e assegura que a nossa tradição, de valorizar o atendimento humanizado, seja mantida, mesmo com o uso de novas tecnologias", conclui.

 

Notícias Relacionadas