Sul Pelotas Corretora de Seguros

17.11.2016 - Fonte: Seguro Gaúcho | Maria Karolina

Com quase 15 anos de mercado, a Sul Pelotas Corretora de Seguros, surgiu do empenho e persistência de Joel Braga. Joel trabalhava como preposto em uma Corretora de Seguro, que veio a se dissolver, ele junto a um dos sócios, abriu a Sul Pelotas Corretora de Seguros. Durante sua trajetória trabalhou na Federal de Seguros, em Porto Alegre, depois foi para Bento Gonçalves trabalhar em uma corretora, até que voltou para Pelotas para trabalhar em outro segmento, mas sempre vendendo seguros como freelancer. Foi então que Joel recebeu o convite do falecido amigo Almiro Decker para constituir a Corretora. A família Braga é totalmente envolvida com os negócios, pais e filhos atuam juntos desde os primeiros anos da Sul Pelotas. Após comprar a parte de Almiro, a participação de todos passou a ser essencial. “A Jussara sempre me ajudou, desde quando eu trabalhava em outras corretoras, mesmo em casa ela fazia alguns serviços pra mim”, conta Joel. O filho mais velho, Joel Braga Junior, de 26 anos, começou a atuar na corretora aos 13, por conta da saída de outro funcionário. Já o filho mais novo, Jonas Braga de 24, tinha 14 anos quando começou a trabalhar pela manhã em outro estágio e a tarde na corretora. Ambos começaram com serviços básicos e hoje são sócios-gerentes junto ao pai. “Trabalho e não existe outra forma”, segundo Joel, esse é o caminho para o sucesso. “Chegar no escritório às 7h e sair às 19h se precisar, estar disponível e dar retorno ao cliente”, diz. Estes pontos foram decisivos para a Sul Pelotas se tornar potência em venda de seguros. “Sempre com foco no atendimento ao cliente, porque é ele que paga a conta”. Trabalhando principalmente com seguros para frota de caminhões e transporte de cargas, o profissional acredita que atuar na aérea corporativa é uma oportunidade para se destacar em um mercado dominado por seguro de automóvel. “Tratar direto com empresário é muito mais lucrativo hoje, tu faz negócios maiores do que no auto individual”, destaca. Com estilos diferentes, Jonas caracteriza o pai como “centralizador”, ele mesmo é o comunicativo e despojado, que gosta de ir pra rua, seu irmão Junior é um pouco mais retraído, passa mais tempo no escritório e a mãe “faz um pouquinho de tudo”. Com a sucessão encaminhada, Joel afirma que é gratificante ter esta segurança. “Eu criei eles educando e cobrando”, conta o pai, que segundo os filhos, a pesar de ser duro, por dentro é uma maria-mole. Em casa não é diferente do ambiente de trabalho “Tudo acaba em negócio”, ressalta Joel. Almoçam todos juntos e pelo menos duas vezes na semana jantam juntos, por isso, 98% dos assuntos são sobre seguros. “Para nós é muito legal, o pai trabalha há 20 anos no mercado e vimos ele realizar o sonho de formar a empresa e é difícil uma família conseguir unir amizade, carinho e trabalho”, destaca Junior. A grande cumplicidade foi o que fortaleceu a corretora de dentro para fora, sempre apostando em parcerias, hoje a Sul Pelotas é estabelecida e tem futuro garantido.

Ver mais entrevistas