André Lauzana conta seus planos à frente da vice-presidência da SulAmérica

16/04/2018 / FONTE: Sonho Seguro

05.-SulAméricaAndré Lauzana assume a vice-presidência comercial da SulAmérica com o desafio de preparar a área para os próximos desafios, como a economia digital, bem como evoluir o processo montado por Matias Ávila, que esteve à frente da área comercial nos últimos sete anos e fica até o final de abril na companhia.

“Matias desenvolveu um programa vencedor de parceria com os corretores pautado pela transparência, com regras claras para todos, pautado pelo meritocracia, além da expansão regional da companhia. Queremos alimentar o legado deixado por Matias e ajudar os corretores a evoluírem para enfrentarem o processo digital que vem por ai”, diz Gabriel Portella, CEO da SulAmérica.

Portella contou que Lauzana chamou a atenção do corpo executivo do grupo pelo trabalho desenvolvido como vice-presidência de capitalização, cargo que irá acumular. “Temos um programa que visa preparar executivos para a sucessão de cargos. Ele demostrou a sua capacidade de ser um executivo comercial diferenciado ao desenvolver o segmento de capitalização, um produto que praticamente não era vendido por corretores”, disse o CEO.

Um dos feitos destacados foi conquistar os corretores para o segmento, até então um produto basicamente bancário. Hoje a SulAmérica tem 2,1 mil corretores trabalhando com capitalização. “Isso nos ajudou a elevar de 10 mil para 17 mil imobiliárias que trabalham com os títulos de capitalização”, reforça Lauzana, que está há 21 anos em seguros e seis na SulAmérica.

A agenda já conta com 12 visitas pelo Brasil. A meta de Lauzana é buscar a diversificação da carteira dos corretores, sinalizando que quanto mais ele olhar a jornada do cliente, mais será lembrado por ele na retomada da economia. Um cliente de auto precisa de outros seguros, como vida, residência, educacional, saúde, previdência entre outros.

Segundo os executivos, o corretor é o principal parceiro da companhia e toda e qualquer parceria digital feita pelo grupo leva em conta essa premissa. “Valorizamos a inovação. Tanto que trouxemos o responsável pela tecnologia para fazer parte do comitê executivo e dividimos a área em inovação e transformação digital”, afirma Portella.

Segundo Lauzana, a SulAmérica está debruçada sobre os novos hábitos de consumo e vamos incorporar novas tecnologias. “Como já fizemos com o reembolso digital e outros.

Vamos seguir capacitando os corretores — quase 50 mil corretores foram treinados no ano passado — e também vamos ajudá-los com a sucessão familiar em seus negócios, pois entendemos a importância do relacionamento no longo prazo. Afinal, o que vendemos não é um produto e sim serviço, conveniência e valor”, finaliza Lauzana.

0 0