Pedro Garcia - Diretor do SINDSEGRS

01.07.2019 - Fonte: SINDSEGRS

Sem Título-1

Com o objetivo de mostrar um pouco mais de quem são as pessoas por trás da Diretoria do Sindicato, tanto no âmbito pessoal quanto profissional, o SINDSEGRS preparou uma série de perfis de seus diretores.

Toda semana compartilharemos na nossa newsletter um pouco da história desses profissionais que dedicam parte de seu tempo ao trabalho em prol da Entidade e do Mercado.

Dando sequência, apresentamos hoje: Pedro Hernando Moreira Garcia – Diretor do SINDSEGRS.

Às vezes, um parente ou amigo é o responsável por escolhas profissionais. Este é o caso de Pedro Garcia. O projeto inicial dele era trabalhar como bancário, mas por influência do cunhado, em 1986, acabou entrando para a Bamerindus Seguradora.

Em 1987, foi para a Novo Hamburgo Seguros, de Santo Ângelo, sua cidade natal, para trabalhar na área de inspeções técnicas de Property (na época seguro de incêndio). Lembro bem que quando fui contratado, o Gerente da sucursal, Ercio Engleitner (in memoriam) estava em viagem ou férias…. Quando voltou foi me conhecer na mesa de desenho (na época fazíamos croquis do risco), conversamos durante 30 minutos.

Logo após, ele mandou me chamar na sua sala… Fiquei receoso de ser demitido logo no início. A Novo Hamburgo, na época, era a maior e melhor seguradora do RS.

Então ele olhou bem pra mim e disse: Você não tem que estar naquela mesa de desenhos. Perguntei o motivo e então ele terminou a frase: você é ‘comercial’ não é ‘técnico’”, relembra.

No dia seguinte, Garcia foi transferido para Uruguaiana, onde iniciou a carreira comercial securitária, permanecendo por cerca de 13 anos. No ano 2000, voltou para o vale dos sinos e atuou nas corretoras Valderez e Maxima Seguros. Em 2001, o executivo entrou para a Liberty Seguros como Gerente de Contas na Filial Vale do Sinos.

Em 2006, foi promovido para Gerente desta Filial. Em 2014, foi transferido para a Filial Moinhos de Vento em Porto Alegre (hoje uma das maiores Filiais da Liberty no Brasil) onde permanece até hoje. A empresa possui foco no ramo de penhor rural e no seguro de máquinas agrícolas, atividade em constante expansão no Estado.

Porém, o crescimento agressivo do seguro digital e o mix de produtos (com redução da dependência do automóvel) são os principais desafios do mercado.

Além de Ercio Engleitner, o profissional lembra também de Salete Serra, da Novo Hamburgo Seguros, que sempre acreditou no seu trabalho dando várias oportunidades. “Destaco também João Fogaça, meu primeiro Gestor na Liberty, porque me ensinou a mesclar a parte comercial com a parte técnica focada no resultado. Também da empresa, João Maranhão com quem aprendi muito de gestão, e estou onde estou hoje, graças a ele.

No campo pessoal, minha esposa, Andreia (in memoriam), e minhas filhas Laura e Anna Lara, que sempre me apoiaram nos momentos difíceis de trajetória”, recorda. Como nem tudo é trabalho, Garcia gosta de andar de bicicleta nas horas vagas e não esconde outra paixão: os jogos do seu time do coração, o Internacional.

Notícias Relacionadas