Rosária Maria Casella Lopes

07.01.2019 - Fonte: Seguro Gaúcho | Julia Schneider

5c192fa653239

Rosária Maria Casella Lopes sempre gostou de estar cercada de pessoas. Muito descontraída, não tem quem conheça e não se contagie com a simpática Rosária. Proprietária da Carvalhal Corretora de Seguros, ela coleciona histórias e amigos no mercado.

Natural de Porto Alegre, formada em Relações Públicas pela PUCRS, não imaginava que mudaria sua trajetória profissional e trabalharia com seguros. Entretanto, firmou uma parceria com o atual ex marido e abriu a Carvalhal. Na época, final de 1994, Rosária estava com os dois filhos pequenos. "Me propus a trabalhar de casa vendendo seguros. Acabei aprendendo sobre o mercado e gostando", relata.

Apesar da separação, Rosária explica que a parceria profissional entre os sócios segue tranquila, e a paixão pela profissão segue intacta. "Gosto muito do que faço. Me empolgo bastante em lidar com o público, vender, orçar, e gosto da expectativa da concorrência".

Guarda com carinho a época em que foi Vice-Presidente da Câmara dos Corretores e quando participou do Clube das Gurias. Sobre as expectativas para o futuro no mercado, Rosária espera ver mais união entre o setor. "Espero mais lealdade uns com os outros, pois a concorrência é válida, mas não a desleal".

Durante toda a sua trajetória, Rosária sempre teve como aliado o bom-humor - não só no contato com os clientes, como com todos que a cercam. Esse seu jeito de ser vem desde a infância. Embora "arteira", como ela mesmo se definiu, sempre gostou de estar próxima de pessoas e influenciar positivamente a vida de todos. "Sempre fui muito descontraída e sempre gostei de gente ao meu lado. Para mim isso sempre foi o mais importante".

No tempo livre, Rosária gosta de ler, passear, estar com os amigos e fazer coisas diferentes da rotina. "Nasci em janeiro, sou aquariana, então quem conhece sabe que é um signo que não gosta de fazer sempre a mesma coisa". Sonhadora, espera um dia conhecer Veneza. "Um dia eu ganho no Tri Legal e vou". Com essa determinação inspira muitas pessoas.

Enquanto não se encontra com a cidade das águas italiana, Rosária segue dedicada ao trabalho, priorizando sempre seus valores. "Aprendi com meus pais que o importante é sempre manter a ética, ser honesto, respeitar. Honrar isso é o mais valioso".

Ver mais entrevistas