Previna Corretora de Seguros

23/12/2016 / FONTE: Seguro Gaúcho | Maria Karolina

previnaA Previna Corretora de Seguros foi fundada no início de 1994, por Paulo Hnszel, que hoje atua apenas na área comercial cuidando da sua carteira de clientes. Há mais de 20 anos, Paulo que vinha do ramo metalúrgico, de representações e indústrias que não deram certo, formou a corretora em Santo Antônio da Patrulha/RS.

Certo dia, em uma conversa com o seu então cunhado Sergio de Souza, que já atuava no ramo de seguros na cidade de Santa Maria, Paulo percebeu que poderia ser um ramo interessante e resolveu apostar. Obteve o seu registro como corretor e acreditou nas oportunidades da profissão. A corretora foi crescendo ano a ano, hoje é formada por uma equipe de 10 pessoas e cerca de 2.200 clientes ativos.

Após um ano de existência da Previna, uniu-se a empresa uma peça fundamental. O filho de Paulo, Rafael Hnszel começou a atuar muito cedo ao lado do pai. Com 14 anos já era office boy na corretora. Ao longo dos anos foi desempenhando outras funções e estabelecendo sua carreira. “Além da minha carteira de clientes que atendo pessoalmente, assumi a gestão financeira e administrativa da corretora em meados do ano de 2003”, conta Rafael.

Em 2004 fiz o exame para corretor de seguros, quatro anos depois se formou em Direito, obtendo o registro junto a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) logo em seguida. “Como o meu envolvimento com a corretora já era muito significativo, tive que fazer uma escolha entre advogar ou continuar a frente da corretora. E sem medo de errar, escolhi ser Corretor de Seguros”, relata.

Apaixonado pela profissão, o jovem de 35 é hoje o sócio – gestor da Corretora. “A responsabilidade de dar seguimento ao negócio é grande. Sonho com uma corretora em que as pessoas que estão aqui possam crescer conosco. Gostaria muito que meus filhos e netos possam trabalhar conosco no futuro”, afirma Rafael.

O irmão mais novo, Lorran Hnszel de24 anos, também trabalha desde os seus 14 anos na empresa da família. Hoje ele é o responsável por todos os processos de sinistros dentro da corretora. “Além de nos darmos bem dentro e fora da corretora, aprendemos a respeitar as funções e tarefas de cada um aqui dentro. Acho que este é o segredo”, ressalta Rafael.

Separar a relação familiar e pessoas pode ser um desafio, ainda mais em um ramo com uma rede de relacionamentos bastante ativa. “As coisas se misturam um pouco, isto é inevitável. Ainda mais numa cidade pequena como a nossa, de apenas 40 mil habitantes”, diz Rafael, que aprendeu a lidar com isso. Segundo ele, nenhum corretor de seguros desliga o seu celular depois das 18 horas, não é?!

0 0